ARTES PLÁSTICAS

Entrevista: mafalda jesus

SUSANA

FARIA

Nome: Susana Faria

Idade: 28 anos
Sou de: Alcácer do Sal
Sou conhecida por: Dramas existenciais

A minha arte é: Crua

1) MELANCIA: Quem é a Susana?
SUSANA: Entusiasta da vida e do mundo, com breves
e recorrentes crises existenciais. 

2) M: Como surgiu o interesse pelo mundo das artes? 
S: No meio de uma transformação pessoal, onde se tornou essencial a expressão artística. Aliás, penso que, para a grande maioria, a arte surgiu para nos salvar de qualquer coisa. 

3) M: A tua arte vive de uma mistura de várias técnicas, como a pintura, a escultura e a colagem. Como funciona o teu processo criativo?

S: É sempre um processo de experimentação, através de diferentes fontes de inspiração. O mais importante é que este processo mate o tédio.

4) M: O sangue, ou a sua representação, é um tema muito presente no teu trabalho. Porquê? O que pretendes despertar nas pessoas? 

S: Que a arte é crua. É importante desconstruir o olhar tradicional sobre as coisas, sobre o que é chocante, sobre o que é isto e aquilo e o outro. É importante matar a arte, para a ver renascer.  

5) M: Sentes que continua a haver preconceitos em relação ao corpo feminino? 

S: Sem sombra de dúvida. É imperativo que exista um discurso aberto sobre o corpo. Os velhos tabus têm de partir para que uma nova forma de comunicar e estar com o nosso corpo se torne por fim, normal.  

Instagram: @susanaferreirafaria

espreita o artigo na revista

CONTACTos

  • ig
  • fb
  • yt

MELANCIA MAG 2018 © ALL RIGHTS RESERVED