DESIGN & ESCULTURAS DE PAPEL

Entrevista: rita alvarez

MIGUEL DIAS FROM ANOTHER PLANET

foto: per_bjorklund 

Nome: Miguel Dias

Idade: 29 anos
Sou de: Alburitel 
Sou conhecido por: Miguel

A minha arte é: Ui, tentar fazer coisas e às vezes conseguir

1) MELANCIA: Quem é o Miguel? 
MIGUEL: O miguel é acima de tudo um ser humano e, como tal, é designer gráfico e fundador do estúdio Another Planet Design Studio. O estúdio foi fundado para o Miguel poder explorar a sua criatividade sem limites, sem ter de obedecer a regras. Criatividade essa que o fez relativamente famoso a nível mundial. A propósito disso a avó do miguel diz que ele é provavelmente o melhor designer do mundo. Ela não percebe grande coisa do assunto mas, passando à frente, ele tem 29 anos e trabalha há 8. Em Lisboa trabalhou para a Action4 activism e para a Born. Depois fartou-se e foi para a Suécia, ser freelancer durante um ano para o Snask. Quando voltou para Lisboa fundou com pompa e circunstância o já bem sucedido Another Planet Design Studio.

2) M: Fala-nos do teu estúdio e de como começaste tudo isto. 
M: Este estúdio - Another Planet Design Studio - foi criado há pouco mais de um ano quando comecei a ser freelancer, depois de chegar da Suécia. Percebi que era mais fácil conseguir trabalhos se parecer sério e credível e “criar” um estúdio é uma boa maneira de conseguir isso; mesmo que nem exista fisicamente, como é o caso do Another Planet. Na verdade nada mudou, continuo a ser só eu a fazer tudo mas para o ano, com o volume de negócios a crescer e os clientes a aumentar estou a pensar contratar entre 4 e 5 designers e um account para me ajudarem.

3) M: As tuas esculturas de papel são incrivelmente realistas e detalhadas. Quanto tempo (aproximadamente) demoras a criar uma delas? 

M: Depende muito da escultura mas antigamente cortava tudo à mão, ainda não tinha descoberto as maravilhas do laser, por isso demorava muito mais, cerca de 15 dias, 8 a 10 horas por dia, para criar os binóculos por exemplo. Agora a parte do corte é feita a laser, o que reduz o tempo de execução e aumenta muito o detalhe. Ainda assim, como agora demoro mais tempo a preparar conceptualmente cada peça e a desenhá-la, o tempo de produção mantém-se quase igual.

4) M: Gostas mais de fazer trabalhos manuais ou digitais? Porquê? 

M: Gosto do equilíbrio. Maioritariamente os meus trabalhos são digitais mas quando surge alguma escultura é muito bom porque é tempo que não vou passar sentado à frente de um computador. Por isso o que gosto mais é de conjugar os dois, um sem o outro seria muito aborrecido.

5) M: Qual é o teu maior sonho? 

M: O meu maior sonho é trabalhar pouco, ou nada, e ganhar camiões de dinheiro. Dessa maneira poderei viajar mais com as pessoas de quem gosto, comer mais em bons restaurantes, ler mais livros e, quem sabe, comprar o Café Central da minha terra e passar as tardes a jogar dominó.

Instagram: @migueldiaspapercraft

espreita o artigo na revista

CONTACTos

  • ig
  • fb
  • yt

MELANCIA MAG 2018 © ALL RIGHTS RESERVED