Entrevista: JULIANA LIMA

ILUSTRAÇÕES: TÁRCIO VASCONCELOS

TÁRCIO

VASCONCELOS

Tárcio Vasconcelos, 30 anos, é brasileiro, nascido em Salvador, Bahia, e manifesta as suas crenças, o seu modo de encarar a vida e o seu universo encantado na sua arte. Vem connosco e descobre o mundo criativo, cheio de referências e tão inspirador deste artista.

1) MELANCIA: Quem é o Tárcio Vasconcelos?
TÁRCIO: 
Olá! Sou artista visual graffiteiro/ ilustrador, natural de Salvador – Bahia, Brasil. Ariano, filho de Logunedé e de Oxum.  

2) M: Quando percebeste que a arte era o caminho a seguir?
T: Sempre tive o desenho como atividade complementar na minha infância, cresci num bairro que tinha bastantes grafiteiros e aos 16 anos fiz meu primeiro graffiti a partir daí me interessei em estudar e fui para a Escola de Belas Ates da UFBA (Universidade Federal da Bahia).

3) M: O que distingue as pessoas criativas das outras? 

T: Acredito que a vontade de contar histórias e de motivar as pessoas a conhecer o “novo”... a inquietação desse mundo e com certeza a busca por um universo mais lúdico e com outros conteúdos.

4) M: Natureza, cultura, fé, religião. Fala-nos sobre as tuas inspirações. 

T: Nasci em Salvador, ambiente muito barroco, musical e inspirador o tempo inteiro, frequentei a igreja na infância e na adolescência, descobri o Candomble, onde sou Ogan de Oxum. Lá praticamos o bem, somos aliados da natureza e temos fé como o condutor de nossa vida. Os animais são deuses e onde também se manifestam os orixás! Eu vivo nesse mundo encantador!!

5) M: O que difere o teu trabalho de outros artistas e ilustradores? 

T: Eu sou bastante inquieto, e busco sempre soluções criativas, dinâmicas, o meu traço, aliado aos temas que traduzo, fala um pouco sobre mim. Cada um tem o seu mundo! Tento estudar todos os dias e nunca me acho suficiente.

6) M: Lápis, tinta, xilogravura, aguarela, spray, cerâmica, porcelana... fala-nos sobre o seu processo criativo e as técnicas que usas para expressar a sua arte. 

T: Tem os modernistas brasileiros e a arte Naïf como inspiração, essa “galera” não liga muito para materiais ou técnicas rebuscadas para se manifestar artisticamente. Eu vou meio sem um roteiro definido, tento experimentar de tudo e ver o que encaixa em cada imagem que faço. Sou uma ferramenta das artes! O que tocar eu danço!

7) M: Qual é o teu lema? 

T: Ser feliz! Comunicar com as pessoas, ser um homem melhor, uma referência positiva! E que a arte seja indispensável na vida de todos!

8) M: Onde encontramos a Tárcio quando não está a ilustrar e espalhar a sua arte por aí? 

T: Estou sempre na rua. Sou bem “rueiro”, amo padaria, uma cervejinha... acordo sempre cedo e amo o som dos pássaros.

9) M: Deixa uma mensagem à MELANCIA mag e aos seus leitores. 

T: Salve! Muito obrigado pelo convite! Desejo aos leitores muita arte e muita LUZ nesse mundo e que tudo de ruim vai passar! É só querermos!

www.instagram.com/tarciov

espreita o artigo na revista

CONTACTos

  • ig
  • fb
  • yt

MELANCIA MAG 2018 © ALL RIGHTS RESERVED

Melancia_Icon.png