Entrevista: JULIANA LIMA

ilustraçõeS: ALEX SENNA

ALEX

SENNA

Alex Senna, brasileiro, de 34 anos, nasceu em Orlândia, interior de São Paulo, e atualmente vive nesta cidade. Em entrevista à Melancia, este artista, que sempre desenhou desde pequeno, contou-nos que resolveu levar os seus traços a sério com 27 anos. As suas ilustrações e personagens a preto e branco, cheias de personalidade, contam histórias no cenário urbano de tantos cantos do Brasil e do mundo. Vem! Descobre connosco por que motivo pintar nas ruas fez a diferença na vida de Alex Senna!

1) MELANCIA: Quem é o Alex Senna?
ALEX: 
Apenas um rapaz latino-americano, sem parentes importantes, e vindo do interior.

2) M: Quando percebeste que a arte era o teu caminho a seguir? 
A: Sempre desenhei, mas percebi que esse era o meu caminho com uns 27 anos, eu via que me diferenciava pelos meus desenhos, mas insistia em tentar a vida como um diretor de arte. Por sorte vi o erro a tempo de mudar.

3) M: O que distingue as pessoas criativas das outras? 

A: Acho que tentam sempre achar uma solução para certos problemas, fazem a vida mais simples.

4) M: As tuas ilustrações são minimalistas, mas cheias de personalidade e contam histórias. Como crias as tuas personagens?

A: Cada uma tem sua história, baseio-me muito na minha vida, e nas coisas a que presto atenção. A vida é cheia de drama, parece uma novela, então, existem muitos caminhos para inspirações.

5) M: Em que difere o teu trabalho de outros artistas e ilustradores? 

A: Não sei, a minha produção é muito grande, então tenho sempre coisas novas para mostrar. Não sou do tipo preguiçoso.

6) M: O teu trabalho vai muito para além do papel. Fazes intervenções em muros e paredes. Conta-nos qual foi o local mais inusitado em que já apresentante as tuas obras.

A: Pintar na rua mudou minha vida, literalmente, o contacto com as pessoas, a escala de tamanho, a ideia sendo propagada mil vezes mais forte. Não existe comparação entre a força que a rua tem com outra coisa. Tive a sorte e o privilégio de conhecer muitos lugares e países, como Inglaterra, França, Israel, Coreia do Sul, Alemanha, França, Canadá, EUA, entre outros. Acho que o mais inusitado, pelo choque cultural, foram, em Israel, Tel Aviv e Jerusalém. Pintar nessa região foi muito diferente para mim.

7) M: Quais as tuas referências e inspirações? 

A: Gosto muito de banda desenhada e animações. Adoro Will Eisner, Ziraldo, Walt Disney e Maurício de souza.

8) M: Qual é o teu lema? 

A: ”A arte existe porque a vida não basta”, Ferreira Gullar

9) M: Onde encontramos o Alex Senna quando não está a ilustrar? 

A: Se não estou no meu atelier, estou na rua. Se não, com a família e amigos.

10) M: Deixe uma mensagem para a MELANCIA mag e os seus leitores. 

A: Somos capazes de fazer o que quisermos, basta querermos e não desistirmos. Ah, e guardem sempre dinheiro!

www.facebook.com/senna.alex

espreita o artigo na revista

CONTACTos

  • ig
  • fb
  • yt

MELANCIA MAG 2018 © ALL RIGHTS RESERVED

Melancia_Icon.png