Entrevista: juliana lima

ILUSTRAÇÕES: clau cicala

clau

cicala

Clau Cicala, brasileira, 33 anos, é uma criativa e designer de superfícies que destaca-se pelas suas estampas autênticas e o seu jeito doce de encarar o trabalho (e a vida) com emoção. Apesar do sucesso, considera que está apenas a começar. Nesta entrevista exclusiva Clau conta-nos sobre o seu percurso profissional e artístico e o seu processo criativo. Vem connosco e inspira-te com os florais e as cores da brasilidade estampada.

1) MELANCIA: Quem é a Clau Cicala?
CLAU: 
Considero-me uma criativa. Tudo o que mexe com meu sensorial, inspira-me e serve de gatilho para criação. Sou workaholic, adoro viajar, mas a rotina também me faz bem, consigo concentrar-me em projetos especiais e na criação também. A análise é parte da minha vida, faz com que me conheça melhor e me leve a lugares onde quero estar. Acho que o conjunto disso tudo compõe o estilo “Clau” de ser.

2) M: És uma menina voltada para as Artes. Quando percebeste a tua aptidão para a área criativa?
C: Fui muito estimulada deste nova pela minha avó materna, ela é pintora de quadros e praticamente só pinta florais. Depois, com 14 anos, comecei a trabalhar como designer gráfica e a estética começou a fazer parte do meu dia-a-dia. Com 25 anos, iniciei uma pós-graduação que me mostrou que a estamparia poderia ser a forma ideal de comunicar e transmitir um estilo.

3) M: Como surgiu a ideia de criar o teu portal, o teu estúdio, ou seja, o teu próprio negócio de estampas? 

C: No início, queria captar clientes, precisava de fazer meu estúdio funcionar, então nada melhor do que a divulgação online. Criei um site simples. Depois comecei a expandir e meu negócio, ganhou outras frentes de atuação, como as palestras e workshops, do selo Brasilidade Estampada, e as parcerias com marcas de vários segmentos. A partir daí dei uma nova cara, algo mais autoral.

4) M: Conta-nos como funciona o teu processo criativo. Desde a escolha dos temas até a execução das prints propriamente ditas. 

C: As criações do Estúdio Clau Cicala são baseadas em briefings específicos vindos dos clientes. Fazemos tudo em conjunto, alinhamos cada detalhe e tudo começa. Manual ou digitalmente, procuramos seguir 100% do briefing para não ter desgaste com mil alterações. Já as estampas de parcerias, crio o briefing dentro do perfil que o cliente quer e dentro do meu estilo de traço. Crio pessoalmente as estampas, começando pela pesquisa, depois desenho e por fim a composição no computador.

5) M: O que te inspira? 

C: Música é o que mais me inspira, mas também saber que minhas criações servem de referência p/ outras pessoas... Assim quero criar mais, mais e mais. Entendo meu trabalho como forma de conexão comigo e com os outros.

6) M: Fala-nos um pouco sobre o teu projeto Brasilidade Estampada. 

C: O Brasilidade Estampada é um selo que iniciei a partir do trabalho que já havia começado há quatro anos, facilitando workshops, transmitindo a minha vivência no mercado de trabalho. Hoje o selo convida profissionais da arte para transmitirem os seus conhecimentos da mesma forma que eu faço. Sempre com muito entusiasmo e amor, esses profissionais abordam temas específicos como rapport no Photoshop e técnicas manuais. Tudo sempre voltado para a estamparia.

7) M: Já fizeste grandes parcerias e criaste estampas para diversas marcas brasileiras do universo da moda. Como te sentes com todo este sucesso? 

C: Sinto-me apenas a começar, tenho muitos sonhos mas sei que há muito trabalho envolvido. Não me canso de criar, de pensar em projetos que possam levar a minha arte às pessoas. O sucesso é consequência de uma trabalho feito com amor.

8) M: Destaca um projeto de que te orgulhes mais, aquele te faz brilhar mais os olhos e conta-nos o porquê. 

C: Todos os projetos são especiais e aprendi muito com cada um, de verdade. Acho que esse é o grande “barato” da minha profissão, poder trabalhar com superfícies diferenciadas em cada parceria. De calçados, vestuário, acessórios, cadernos e até carros. Atualmente, tenho duas parceiras que acrescentaram muito ao processo de criação que são a Ipanema (Grendene) e Q-Guai (loja multimarca carioca).

9) M: Que coisas são essenciais no teu dia a dia? 

C: Wi-fi. (risos) Com ele consigo fazer pesquisas para desenvolvimentos, conversar com a “Família Estampada” através dos meus Instagram e Facebook e divulgar o meu trabalho.

10) M: Qual é o teu lema? 

C: Emocionar as pessoas com meu trabalho. Sem emoção não dá para viver.

 

11) M: Deixa uma mensagem à MELANCIA mag e aos seus leitores. 

C: Agradeço a oportunidade de falar sobre o que mais amo! Desejo que cada designer, artista ou apaixonados por estampas consigam embarcar nesse mundo colorido e achar um diferencial olhando para dentro.

www.facebook.com/ClauCicala

espreita o artigo na revista

CONTACTos

  • ig
  • fb
  • yt

MELANCIA MAG 2018 © ALL RIGHTS RESERVED

Melancia_Icon.png